sábado, 31 de dezembro de 2011

Nuno Sá em destaque na SIC

domingo, 27 de novembro de 2011

Estalactite de gelo mortal

Mais informações a este respeito aqui e aqui.

sábado, 26 de novembro de 2011

Diving in the Azores

Fantásticas imagens subaquáticas da autoria de Nuno Sá.

sábado, 12 de novembro de 2011

Moreias

Documentário muito interessante sobre moreias. Logo no início, fica evidente o perigo de alimentar animais selvagens. Já mais para o final, somos presenteados com imagens subaquáticas de Santa Maria (Açores). Vale a pena ver! :)

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Reportagem sobre a equipa de mergulho In-Silence

Foto de Nuno Sá premiada

A fotografia de um tubarão-azul tirada ao largo da ilha do Faial nos Açores valeu a Nuno Sá uma menção honrosa no prestigiado concurso de fotografia Veolia Environment Wildlife Photographer of the Year 2011.


Depois de, em 2008, ter recibo uma menção honrosa no concurso Veolia Environment Wildlife Photographer of the Year com a sua obra “Orcas at Sunset”, Nuno Sá volta a ser distinguido pelo júri do prestigiado do concurso internacional de fotografia da Natureza na edição de 2011.

A imagem que este ano valeu ao fotógrafo português a atribuição de mais um “alto louvor”, desta vez na categoria “The Underwater World”, intitula-se “Racing Blue” e retrata um tubarão-azul nas águas do oceano Atlântico ao largo da ilha do Faial, nos Açores.

O tubarão-azul (Prionace glauca) é uma das espécies de tubarão com maior área de distribuição, ocorrendo de forma generalizada em águas temperadas e tropicais.

Desconhece-se a tendência populacional da espécie mas o facto de ser alvo de pesca, sobretudo acidental, que chega a vitimar 20 milhões de indivíduos anualmente, faz com que o tubarão-azul se encontre classificado como “Quase Ameaçado” na Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas, elaborada pela União Internacional para a Conservação da Natureza.

A fotografia de Nuno Sá está atualmente em exibição com as outras 107 imagens distinguidas pelo júri do concurso, no Museu Nacional de História Natural de Londres, numa exposição itinerante que viajará até várias cidades em todo o mundo.

A fotografia que recebeu o primeiro prémio este ano “Still life in Water”, é da autoria de Daniel Beltrá e retrata um conjunto de pelicanos petroleados num centro de resgate no Louisiana (EUA).

Um outro conjunto de fotografias premiadas, desta vez no no concurso Veolia Água Fotógrafos da Natureza, edição do ano passado, podem ser apreciadas até ao dia 30 de Dezembro no Museu Nacional de História Natural, em Lisboa.

Fonte: Museu Nacional de História Natural e da Ciência